Início » Os Pilares » Formação » EMPRESARIAL E ORGANIZAÇÃO  » Papel do Terapeuta Ocupacional em contexto escolar

Objectivo Geral:

No final da formação os formandos deverão ser capazes de identificar o papel do Terapeuta Ocupacional no contexto escolar, através da estruturação da avaliação e planeamento da intervenção a adoptar na prática terapêutica.

Competências a desenvolver:

No final da formação os formandos serão capazes de:

  • Reconhecer o papel do Terapeuta Ocupacional no contexto educativo, identificando o objectivo primordial da sua actuação.
  • Identificar as diferentes formas de inclusão do Terapeuta Ocupacional no contexto escolar.
  • Compreender de que forma o Terapeuta Ocupacional se integra nas equipas multidisciplinares.
  • Reconhecer os métodos de recolha de informação para a avaliação.
  • Identificar as áreas de ocupação a avaliar em contexto escolar.
  • Identificar as etapas do processo de avaliação.
  • Estruturar objectivos focados na funcionalidade da criança/jovem em contexto escolar.
  • Delinear plano de intervenção de acordo com os resultados obtidos na avaliação.
  • Seleccionar o tipo de intervenção de acordo com os objectivos a atingir.
  • Identificar meios/instrumentos para reavaliar o processo terapêutico.
  • Analisar casos práticos, implementando todo o processo de avaliação e intervenção para actuação do Terapeuta Ocupacional.

Destinatários:

Esta formação destina-se a:

  • Estudantes ou licenciados em Terapia Ocupacional, podendo ou não desenvolver a sua intervenção em contexto escolar.

Requisitos:

  • Académicos: estudantes ou licenciados em Terapia Ocupacional.
  • Equipamentos: Computador com ligação à internet.
  • Outros: noção geral sobre os marcos do desenvolvimento infantil.

Duração:

  • 24 horas (E-learning)

Horário:

  • Pós-Laboral (2ª feira e 3ª feira das 18h às 22h)

Ou